You are here
Home > CDs > O Folião e os dois meninos

O Folião e os dois meninos

SINOPSE

Cd que conta a história e a tradição do Divino Espírito Santo em Tietê. Apresenta as músicas centenárias tocadas nos pousos, almoços e ceias da irmandade.

PROJETO REALIZADO PELO “INSTITUTO CULTURAL CORNÉLIO PIRES”

DIREÇÃO E PRODUÇÃO PEDRO MASSA

PRODUTO NOVO, ÚNICO E EXCLUSIVO DO INSTITUTO

foliao-e-dois-meninos

COMPRE-AGORA


“O FOLIÃO E OS DOIS MENINOS”

O PROJETO:

O “Folião e os dois Meninos” é um projeto cultural de pesquisa e resgate, idealizado e produzido pelo professor bacharel em História da Arte Pedro Henrique Macerani no estúdio do “Instituto Cornélio Pires” entre junho e julho de 2010 em Tietê. Este projeto é o registro vivo da tradição folclórica regional, manifestada através da fé ao Divino Espírito Santo, que á mais de 170 anos vem sendo cultivada e passada pelas gerações em Tietê. Contada e Cantada pelo violeiro mestre e folião da Irmandade em Tietê, que conduz com maestria e emoção esta história centenária, que conscientemente une com a alma e trajetória da nossa querida cidade e todos os seus moradores.
A HISTÓRIA:

Na segunda metade do século XVIII, no caminho da história das Monções, as expedições que saiam de “Araritaguaba” em Porto Feliz rumo ao interior do pais encontraram mais do que a aventura e a aspereza da vida rústica na selva; a ferocidade mortal das desconhecidas febres nas margens do Tietê eram sem dúvida o maior temor do Bandeirante Paulista. O ano de 1790 marca, aproximadamente, o início da cidade de Tietê, onde surgiu um agrupamento de casas oriundas das obrigatórias paradas de descanso dos Bandeirantes na região.
Durante décadas a “Peste Grande”, como era conhecida vitimou centenas de pessoas e teve seu auge no ano de 1838 atingindo principalmente a região onde mais tarde foi construída a capela de São Sebastião da Pedra Grande, hoje distrito de Laras. Quase um ano depois, em 1839, três famílias que moravam ás margens do rio, entre Laras e Tietê, fizeram uma promessa na capela de São Sebastião.Pediram em oração para que o Divino Espírito Santo acabasse para sempre com as desgraças do tifo e da febre amarela. Fizeram voto solene de todo ano comemorarem e festejarem o “Divino Espírito Santo”, saindo rio acima, na falta de estradas, em busca de esmolas e mantimentos para os enfermos, outros, rio abaixo, sempre colhendo a dádiva generosa. Na volta, de pouso em pouso as canoas se aproximando do povoado, numa saudação á sagrada bandeira, festivamente se encontravam.

COMPRE-AGORA

• 1. CONTANDO A TRADIÇÃO
• 2. EXPLICANDO A DESPEDIDA DE PORTO
• 3. DESPEDIDA DE PORTO
• 4. ESTRADÃO
• 5. EXPLICANDO A CHEGADA DE ALMOÇO
• 6. CHGADA DE ALMOÇO
• 7. EXPLICANDO A DESPEDIDA DE ALMOÇO
• 8. DESPEDIDA DE ALMOÇO
• 9. ORGULHO DE SER FOLIÃO
• 10. EXPLICANDO A CHEGADA DE POUSO
• 11. CHGADA DE POUSO
• 12. VELANDO O SANTO
• 13. EXPLICANDO A DESPEDIDA DE POUSO
• 14. DESPEDIDA DE POUSO
• 15. HISTÓRIA DE CANTADOR
DETALHES DO PRODUTO

o Formato ou Tipo de Mídia: CD
o Origem: NACIONAL
o Gravadora: MCK (CD/DVD)
o Coleção: TURMA CAIPIRA
o Estilo: Música – MÚSICA BRASILEIRA -Regional

o Ano de Produção: 2012 PEDRO MASSA
o País de Produção: Brazil Instituto Cultural Cornélio Pires Tietê sp
o Código de Barras: 7899004771237
o Altura: 12.50 cm
o Largura: 14.20 cm

o Comprimento: 1.00 cm
o Quantidade de Discos: 1
o Peso: 0.11 k

COMPRE-AGORA

Deixe uma resposta

Top